Introdução

Colégio Marista Arquidiocesano - o Arqui

O Colégio Marista Arquidiocesano, desde a sua fundação, em 1858, cumpre sua missão de formar alunos críticos e solidários. Atua na educação com espírito ético, com uma espiritualidade vivida na simplicidade e comprometida com a realidade atual, na fidelidade criativa à proposta Marista. São também valores fundamentais a educação da pessoa em suas várias dimensões, a pedagogia da presença, o espírito de família e o amor ao trabalho.

O Colégio Marista Arquidiocesano vincula sua sólida tradição educacional a uma constante renovação pedagógica e didática. Uma estrutura física impressionante, valores e princípios cristãos e uma prática educacional comprovada por milhares de estudantes dialogam inteligentemente com os mais atualizados recursos tecnológicos. Os laboratórios de ciências naturais, robótica, redação e línguas estrangeiras modernas, equiparados aos das melhores universidades, e os projetos e processos educativos, que proporcionam novas formas de conhecimento e reflexão, fazem toda a diferença por conta de um corpo docente altamente capacitado – diferencial que qualifica todo o processo de ensino-aprendizagem.

A aprendizagem no Arqui começa na Educação Infantil e se aprofunda ao longo do Ensino Fundamental e Médio. Os resultados obtidos pelos estudantes Maristas nos exames vestibulares, ENEM, Olimpíadas de Física, Matemática e Astronomia têm revelado as competências e habilidades trabalhadas durante toda a vida escolar. O destaque de nossos antigos alunos evidencia a consistência do trabalho educativo realizado no Colégio.

Importante destacar o momento que encerra a Educação Básica: o Ensino Médio. Este é um período muito especial: permite o aprofundamento dos valores e conhecimentos adquiridos ao longo da vida escolar simultaneamente à preparação para os vestibulares mais concorridos do País, por meio de avaliações contínuas, simulados e, na 3ª série, muito estudo, revisão de todo o conteúdo de anos anteriores e a opção de estudo em período integral. É preciso reforçar: por mais que todos os demais fatores sejam muito importantes, o estudante é o grande diferencial, também e especialmente neste momento do Ensino Médio.

O Colégio Marista Arquidiocesano articula o currículo escolar em torno de objetivos pedagógicos e situações didáticas que respondam às novas maneiras de concepção e interpretação da realidade e conhecimento da sociedade. Dessa forma, assume o compromisso de formar o estudante para a pesquisa (capaz de analisar criticamente os problemas do mundo), para a comunicação (apto a expressar ideias e sentimentos com clareza, consistência e coerência) e para a solidariedade (perceber-se parte integrante, vinculada, corresponsável pelo seu destino e o destino do planeta).

Complementar o aprendizado em sala de aula com atividades extracurriculares é parte primordial da educação integral Marista, e o Arqui se destaca pelo leque de cursos oferecidos. Os alunos desenvolvem seu potencial físico, artístico, social e espiritual em aulas de esportes, como natação, futebol, fitness e ginástica artística, e de artes, como  dança, música e teatro. Também estão disponíveis aulas de idiomas: inglês, japonês e mandarim. Todo o leque de atividades propostas pelo Núcleo Pastoral – encontros, momentos de convivência, PJM (Pastoral Juvenil Marista), celebrações e reflexões – contribui para a qualificação do projeto de vida de cada criança e adolescente, para sua formação espiritual – busca de um sentido profundo para viver, além da necessária participação em programas sociais.

A sede campestre, em São Bernardo do Campo, oferece atividades e confraternizações com as famílias e estudantes, além de ser espaço para locação em eventos. A reserva de Mata Atlântica, os alojamentos, instalações esportivas e quiosques tornam-se espaços privilegiados para uma convivência saudável nos finais de semana.

O Colégio auxilia na formação de pessoas aptas a enfrentar problemas e no desenvolvimento de seus talentos, além de incentivar o engajamento, a responsabilidade social e a permanente atenção às questões socioambientais emergentes. O conjunto das ações educativas também visa à inserção crítica e construtiva do jovem no competitivo mercado de trabalho, tornando-o um profissional diferenciado. A contribuição do Arqui para a sociedade se dá, enfim, na formação de cidadãos diferenciados e que buscam, com suas qualidades, melhorar o mundo.

Filosofia Educacional
Inspirado em valores humanos e cristãos, Arqui se constitui centro de formação humana, de construção do conhecimento, de vivência de valores, visando ao desenvolvimento equilibrado dos aspectos físicos e estéticos, da afetividade e da inteligência, da dimensão comunitária e social, da espiritualidade e da religiosidade, integrando fé, cultura e vida.

O Colégio, no decorrer dos seus mais de 150 anos, leva adiante o sonho de Marcelino Champagnat (1789-1840): educar crianças e adolescentes para a liberdade, justiça, ética e solidariedade, contribuindo com a construção de uma nova Humanidade. Partindo de uma perspectiva pedagógica sociointeracionista, com ênfase na mediação, tece sua proposta educacional, a Pedagogia Marista.




Links
Relacionados